Hey pessu, tudo bem com vocês?

No post de hoje eu quero falar sobre como foi minha experiência fazendo a minha primeira tatuagem.

Antes de mais nada, acho que é legal falar sobre o processo de pesquisa de referências e a escolha de um profissional para realizar o trabalho.

Desde sempre eu tive vontade de ter uma tatuagem, mas nunca tive algo definido na minha mente. Conforme o tempo foi passando, eu consegui identificar o meu estilo e a estética que queria, ficando cada vez mais fácil entender o que faria sentido para mim.

Eu escolhi um panda para ser minha primeira tatuagem. Desde pequeno eu sou apaixonado por esse ursinho que é cá entre nós, é a coisa mais fofa do mundo! Eu sempre me emocionava vendo filmes em que pandas apareciam, e desde então, foi algo que ficou marcado em mim.  Meu sonho é um dia ir pra China e abraçar um (risos). Além disso, eu particularmente, achei um significado muito grande nesse animal, onde palavras como dualidade, fragilidade, dicotomia, maniqueísta e força estão presentes. Sei que para muitas pessoas, a tatuagem não necessariamente tem algum significado, mas para mim, foi algo que foi levado em consideração.

Definido o que queria, eu comecei a buscar inúmeras referências para chegar o mais próximo daquilo que eu imaginava. Fiz até um painel no meu perfil do Pinterest para ajudar :D. Eu queria algo geométrico, minimalista, P&B e com um traço bem delicado.

Cheguei no que eu imaginava, e bora buscar um profissional que eu sentisse confiança e que tivesse um estilo e traço que me agradasse. Uma coisa que eu levei muito em consideração, eram as ideologias da pessoa. Porque eu acho que quanto mais você se identifica com o profissional, mais à vontade você se sente.

 Depois de um bom tempo, eu cheguei no Michel Trip. Conheci ele através da Karol Pinheiro que tatuou no braço o seu cachorro Cookie. Quando eu vi a tatuagem dela, eu pensei: “meu, é isso que eu quero!”. Mas como não morava em São Paulo ainda, seria um pouco complicado. Assim que me mudei, comecei a me planejar e já entrei em contato para agendar.

Chegou o dia da tatuagem e eu estava bem ansioso (para variar né?). Conheci o Michel, batemos um papo super bacana e ele começou a desenhar, e eu sei que foi tão, mas tão bacana o processo criativo e ver aquele desenho saindo de uma linha e tomando forma, e ele conseguindo entender o que eu queria, foi pura sinergia!

Conversa vai e vem, e dois pontos me chamaram muito a atenção. Um foi quando o Michel me disse é sobre o fato de ser tatuador (a) não ser considerado uma profissão. Eu não sabia disso, e na hora fiquei até sem jeito do que falar. O não reconhecimento de algo que você faz e leva a sério, não ser visto como tal acaba “desvalorizando” todo o trabalho por trás. Acabei dando uma pesquisada, e vi que no geral, artistas não possuem esse reconhecimento. A arte muitas vezes é uma forma não compreendida da verdadeira e mais pura representação e expressão da sociedade, e por que não a reconhecer e fazer jus a sua verdadeira função?

O segundo ponto foi sobre a questão de desvalorização do trabalho do profissional em relação ao valor cobrado por aquele determinado serviço. Não seja a pessoa com uma visão unilateral que vê apenas o resultado final. Seja a pessoa que veja e entenda o processo como um todo, que existe estudo, material, técnica, carreira, espaço e pessoas que estão ali para dar o melhor suporte ao que você solicita.

Enfim, ser tatuado foi uma experiência que trouxe um sentido novo para mim. Às vezes acho que sou poético demais, mas levar a vida dessa forma, me faz acreditar em um mundo melhor.  Dia 14 de agosto de 2020 minha pele foi marcada com algo que me orgulho de ter feito.

Gostaria de agradecer ao Studio Laus Tattoo Society por toda a atenção e cuidado. E principalmente agradecer ao trabalho do Michel que fez algo que eu nem sabia que era possível. Eu simplesmente amei <3

 

Serviço:

Studio Laus Tatto Society (@laustattoo).

Endereço: Alameda Dos Nhambiquaras, 1.039 São Paulo, Brasil.

Tatuador: Michel Trip (@micheltrip).

 

Espero que tenham gostado do post, grande abraço e até o próximo!

 

Atenciosamente,

Nataniel Totti

3 COMENTÁRIOS

  1. Nataniel, muito obrigado pela escolha, fiquei honrado em tatua-lo e fico feliz que tenho superado suas expectativas e curtido toda experiência, pois independente da ideia, do tamanho ou local que o cliente queira tatuar, sempre tento compreender a importância da arte para que juntos tenhamos um atendimento único em todo procedimento (do inicio ao fim)… obrigado pelas palavras novamente em seu texto e saiba que estou sempre à disposição; bora tatuar mais rs

    Abs man 🙏🏻🦊

  2. Ah que texto lindo !
    E esse panda ? 🐼🖤 Lindeza pura , fofo demais ! Parabéns Nataniel pela escolha ! Parabens Michel por mais um lindo trabalho!!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui